InscritosEmPedra
TorcedorCoral
BUARQUEANDO

BUARQUEANDO

set 25

“Não era o momento dele rebentar
Como fui levando não sei lhe explicar, fui assim levando, ele a me levar”…
“E todos os meus nervos estão a rogar
E todos os meus órgãos estão a clamar
E uma aflição medonha me faz suplicar”:
“Deixe em paz meu coração(…)pode ser a gota d’água”!

“Atravessou a rua com seu passo tímido”

“Amou daquela vez como se fosse a última”.

De meu, restou a pontuação. Dois pontos, exclamação, reticências e ponto final. Igual a vida, afinal, embora faltando as vírgulas e interrogações…tão necessárias.

8 comentários

  1. Dois Rios
    1

    Adorei! Até "Buarquendo" deixa rastros de leveza e doçura, Magna!

    Beijo, minha flor!

    I.

  2. Magna Santos
    2

    Que bom que gostou, Inês. Isto foi somente uma brincadeira ao perceber que trechos soltos de músicas(poemas) distintas podem falar de apenas um tema, se assim quisermos. Chico que me perdoe o atrevimento.
    Beijão.
    Magna

  3. Canto da Boca
    3

    "Buarquear" é um estado de espírito e uma escolha de vida, e ficou bem orginal a postagem, Magna.

    E deixo um beijãozão!!

  4. Dimas Lins
    4

    Nasci no mesmo ano em que Chico lançava o seu primeiro disco. Meu sogro, vejam só as mudanças do tempo, conheceu as músicas de Chico num jogo de futebol, no interior do Ceará. Um ambulante vendia os discos na arquibancada. Foi paixão a primeira vista e varou madrugadas ouvindo as canções na vitrola.

    Ah, Chico, se todos fossem iguais a você…

    Dimas

  5. Magna Santos
    5

    Boca e Dimas, creio que todos nós temos nossas histórias com as músicas de Chico. Ele atravessa tempo e espaço com suas letras tão bem construídas.
    No próximo encontro, quem sabe possamos falar um pouco de tudo isso. Sei que há gente tendo filho com nome de música, já outros quase adquirem queimaduras sérias no meio do "cotidiano". O assunto, como percebemos, dá samba.
    Abraços.
    Magna

  6. Ilaine
    6

    Buarqueando… Bonito demais!

    A vida toda ouço Buarque.
    Quanta música dele carreguei no alforje… quando fui embora.

    Beijo

  7. João Carlos
    7

    Ou não seria Magna! E eu duvido ?

  8. Magna Santos
    8

    Ilaine, você me fez lembrar de mais uma de Chico: "meu caro amigo". Ele e Francis arrasaram nesta.

    João, meu amigo, quando vejo você aqui, eu fico toda ancha.

    Para quem não sabe, João Carlos é um mestre no assunto música das mais variadas notas, desde que seja de qualidade. Todo sábado dá um banho de sapiência no blog No Toitiço (nosso querido Fusca) com o chamado Sábado Som. Maravilha de coluna! Imperdível para quem gosta de música e de gente boa.

    Abração e muito obrigada!
    Magna

Plante a sua semente para Ilaine

DimasLins