InscritosEmPedra
DimasLins
ALTERIDADE

ALTERIDADE

dez 14

Cinco minutos para o final do almoço

Despedida

Ociosidade

Alteridade…

 

Cinco minutos levo

Escrevendo letras sem saber dizer

 

Enquanto isso, lá embaixo

Cinco anos me aguardam o chamado

Irá fazer a cama, desarrumar armários

Sentar pai e mãe à mesa…

As palavras visíveis

Sentadas

Ali na sala

E eu fico, então

Sem precisar dizer

 

4 comentários

  1. E a gente sem saber o que falar.
    Ao mesmo tempo que o texto é óbvio, ele trata de subjetividades, tento entrar nele, ver mais, ver além; organizo o pensamento em torno do que sei, mas o entorno do que não sei, me cala!

    Mas deixo beijos!

  2. Magna,

    Muito bonito. E lembrou-me Belchior na música Na hora do almoço.

    Você se superou nesses versos.

    Dimas

    • Essa quero conversar contigo no próximo encontro, digo, sobre as circuntâncias desta escrita.

      Adoro esta música de Belchior, pra variar, pois gosto de tudo dele.

      Obrigada.
      Abraço.
      Magna

Plante a sua semente para Dimas Lins

blogdosperrusi