InscritosEmPedra
TorcedorCoral
ELO

ELO

out 24

Hoje soube de uma barriga a crescer
Ela já cresceu antes
Germinou
Nasceu em três:
Pai
Mãe
Filho

Agora nascerá em quatro:
Pai
Mãe
Filho
Filho

Os dois últimos se descobrirão irmãos
Correrão pela casa
Acordarão ao meio-dia
Após revirar as últimas trilhas de estrelas

Sim, eles acordarão plenos de esperança
E de alegria

Fraternos descobrirão outros seres
Entenderão que o dia é maior que a noite
Mesmo que do mesmo tamanho
Lamentarão a lua esconder-se para ficar nova
Mas entenderão que antes do sol nascer
Houve um menino e uma menina que sonhavam em ser muito felizes

E foram.

12 comentários

  1. Quanto carinho… Vou guardar numa caixinha para que os pequenos possam ler quando já não tão miúdos e se deliciar com a poesia da vida. Obrigada pelo amor de sempre. Bjs enormes.

    • Sim, e os pais estarão empanturrados e ainda mais gulosos.
      Obrigada vocês por me darem um tão belo motivo para escrever.
      Beijão.
      Magna

  2. lindeza!
    que delicadeza!
    grata pelo pó da canção e pelas palavras, sempre…
    mas quero saber qual foi o poema na memória que se escondeu como a lua…

  3. E que outras vezes e mais outras, a lua haverá de se esconder para se renovar, se recolher, renascer e brotar amor, sempre brotará amor… Lindo!

    • Sim, Val, sempre brotará amor, como de ti brota sempre amizade, carinho e delicadeza. E eu perdendo auroras, palavras e tantas outras pérolas que escreves como quem semeia orvalho, espalha frescor e cor…fico sem saber o que fazer…essas preciosidades que escreves lá no teu canto.
      Já nem falo mais das saudades. Quem sabe o silêncio produz mais ação?
      Obrigada por tudo.
      Beijos.
      Magna

  4. Edgar
    4

    Vou copiar para os meus novos netinhos e, por medida de segurança, confiar aos pais a tarefa de, no momento apropriado, desvendar para eles ( já contemplados por Magna, com poema próprio )essa beleza.

    • Eita Edgar, nem sei o que se pode dizer depois de um comentário deste. Por falta de palavras, fique então com meu: muito obrigada.
      Abração.
      Magna

  5. André Tricolor Virtual
    5

    Magna,

    Lindo demais!

    De uma delicadeza contagiante!

    Abraços.

    André

    • André, que coisa boa você aqui novamente, embora neste endereço seja a primeira vez, não?
      Seja sempre bem-vindo!
      Obrigada.
      Abraço.
      Magna

  6. André Tricolor Virtual
    6

    Magna,

    Sempre acesso e como comento pouco dá a impressão que não visito. Inclusive a nova página tá muito boa mesmo.

    Não sou muito bom com as palavras para comentar, mas no dia que nos vermos pessoalmente, o meu sorriso e abraço vão denunciar o quanto admiro suas palavras.

    Abraço e obrigado pelo ‘bem vindo’.

    André

    • Muito obrigada, André. Bom saber de tua presença, mesmo que silente.
      A página…eis a arte de meu amigo Dimas Lins, é a ele que devo este canto que amo.
      Abração e, mais uma vez, seja sempre muito bem-vindo.
      Magna

Plante a sua semente para André Tricolor Virtual

TorcedorCoral