blogdosperrusi
TorcedorCoral
PEQUENA

PEQUENA

nov 27

Não sou eu a planta que cresce nem morre

Que depende da boa vontade de quem cuida

Da lida de quem caminha

Com os olhos e a mente no chão

 

Sou aquele que semeia

A mão calejada no arado

Queimada pelo sol

Molhada na chuva

Sou eu

Esta pequena parte do Universo…

Igual a todas as demais

6 comentários

  1. E no entanto, tão ímpar, e tão necessária para a formação deste Universo.

    Beijo, Magna, ainda sinto a alegria de sexta!

    ;)

    • E você a irrigar sempre este terreno, graças a Deus. Obrigada, Val.
      Beijão.
      Magna
      Obs.:e quanto a sexta, já estou com vontade de repetir.

  2. Edgar
    2

    Não fora você, Magna, a dona da Sementeira…
    Benditos os que semeiam e os que – como você – se fazem responsáveis pelo que plantaram…

    • Somos sempre responsáveis, mesmo quando irresponsáveis.
      Obrigada pela tua presença preciosa neste terreno, meu amigo.
      Abração.
      Magna

  3. Parafraseando algum pensador que já não me lembro o nome, o mundo certamente seria menor e menor importante sem a presença de pessoas como você.
    Um Feliz Natal!
    Saudades de colher suas sementes.
    Grande abraço.

    • Eita, Hérlon. Saudades sim de me fartar nas tuas terras. Deixa estar, vou me “arqueologizar” por esses dias.
      Um 2013 cheio de Natal para você.
      Abração.
      Magna

Plante a sua semente para Canto da Boca

InscritosEmPedra