InscritosEmPedra
DimasLins
“O MENINO BALÃO”

“O MENINO BALÃO”

jun 09

menino balão1

Ontem vi um menino balão subir pelas mãos de uma menina-ponte. Parecia que o céu era muito. Mas, aos pouquinhos, chegaram lá e fizeram pontes entre adultos e crianças embevecidas.

Um de 7 meses se aventurava nos braços do pai, a febre não era suficiente para deixá-lo desanimar.

E uma fila cheia de pessoas interessadas em saber o que o menino balão tinha a dizer.

A verdade é que a menina-ponte falou por muita gente…

Estavam lá Tales, Ester, André, Leandro…em palavras amorosamente escritas.

Estavam lá a sensibilidade

Anos de trabalho, de contação.

Estavam lá histórias de vidas reais que não conseguem falar por si, são contadas, entendidas ou arranhadas em páginas de jornais.

Agora estarão por toda parte

Na bela história do menino balão

(A primeira de muitas que virão)

Adelaide fez o coração voltar a pulsar dentro do peito

De um garoto que não sabia a cor da amizade

Nem o jeito de se acalmar

Fabiana Coelho cuidou de ensinar

E o Libório lindamente coloriu.

Assim, amigos, hoje a vez é da alegria pelo livro de Fabiana Coelho – atriz, jornalista e contadora de histórias, guerreira incansável da Biblioteca Popular do Coque – que há anos mantém o blog Palavras-Pontes. O livro O Menino Balão foi lançado no Recife. Dizem que o livro é para crianças, mas tenho minhas dúvidas. Adultos se encantarão. É uma belezura o texto dela e a ilustração do Libório Melo.

Fica a dica.

6 comentários

  1. E Pedro não colaborou comigo, não consegui atravessar a ponte e nem subir no céu, como o balão-menino, e fiquei triste por isso, voltei do meio do caminho, a chuva desabava e aumentava meu medo…

    Mas quero o livro, e quero vê-las!

    Beijo, Magna!

    • Ô, Val, e você fez muita falta. Aliás, os cirandeiros fizeram falta.
      Fiquei muito feliz por Fabi! Ela merece!
      Beijos.
      Magna

  2. Ixi, coisa mais linda… As palavras quando ditas por ti, Magníssima, parecem que viram suspiro. Ou algodão-doce… Minha boca tá cheia de doçuras e meu coração tb…

    • Teu livro é que é lindo, Fabi. Fruto da tua sensibilidade e poesia que os meninos do Coque conhecem tão bem, embora – suspeito – procuraste sempre esconder deles tuas próprias produções…reflexo da alma rara que és.
      Que nunca te falte a luz necessária para continuares teu trabalho.
      Que Deus te abençoe!
      Beijão bem grandão.
      Magna

  3. EDGAR MATTOS
    3

    Meu neto Tiago, iniciando-se na leitura, quer saber onde poderá adquirir o livro de Fabiana ao qual fui apresentado por Magna.

    • Edgard, como o livro ainda não está nas livrarias, eu peço que vc mande um e-mail pra mim. Te passo o número da conta pra fazer o depósito e posto o livro pelos Correios em teu endereço. Abraços, Fabiana. Meu e-mail: bianasl@bol.com.br

Plante a sua semente

DimasLins