blogdosperrusi
TorcedorCoral
NA BRINCADEIRA DO TEMPO…

NA BRINCADEIRA DO TEMPO…

nov 07

Ela encorajava o coração com sonhos tolos
Menina…ainda brincava de bonecas, pega pega, enquanto estudava assuntos de muitos.
E ele escondia-se atrás…

Na última penúltima fila de um colégio que não existe mais.

Muita coisa não existe mais.

O que se sabe é que o tempo passou…

O vento apareceu

Trazendo pra perto a memória, nomes, fragmentos, portais de sonhos ao infinito.

Um oi dado ao fim da tarde num dia de domingo.
Um oi
Um olá
Um bom dia
Outro boa noite
Um café
Por favor…
Cappuccino!
Que rima com carinho
Que acorda a paixão
Que eles teimam que é amor
Na teima que é da insistência da alma
Que não dorme sem acender a esperança

Se as pernas tentam fugir
O coração desobedece
Se a cabeça tem medo
O resto do corpo, desejo

E é por essas e outras que um nunca mais acaba num instante
É por essas e por outras também
Que dois colegas de infância
Que não se conheceram
Hoje se reconhecem
Graças a Deus
Ao sonho
Ao desejo
Ao amor
À vontade
À coragem
À intuição

1 comentário

  1. Marquinhos
    1

    O homem e sua mania de medição se encosta ao tempo na tentativa de mensurá-lo; tentativa de alinhá-lo; tentativa de tentar no que não cabe conseguir. O tempo já nasceu antes de tudo. Antes do sopro. Antes da tentativa do sopro. Mas o charme do tempo se evidencia em suas paragens, paragens estas que delicadamente chamamos de encontro. E o encontro é nada mais nada menos que um manejo que o tempo “encontrou” pra nos apresentar aquilo ou alguém que já existia em nossos mais desavisados desejos. Sim, o desejo também nasceu antes, porém um pouquinho depois do tempo, pra que esse senhor da cadência das coisas pudesse não se aposentar nunca, num constante rearranjamento das coisas e dos homens. Por essas e outras querida Magna somos arremessados à malha do tempo. E dele, ou com ele, só nos resta vivê-lo, pois seu mensurar é da escala e da cor do escapar. Que a delicadeza de suas palavras encontre lugar no tempo e fora dele. E desmedidamente se faça tempo. O seu tempo. Um beijo.

Plante a sua semente

DimasLins