blogdosperrusi
TorcedorCoral
ESPERANÇA EM BROTOS

ESPERANÇA EM BROTOS

set 15

Anteontem encontrei a esperança

Nos olhos brilhantes de jovens indignados

Pelo cinza de alguns

 

A esperança caminhava:

No nervosismo ansioso

Na fala apressada

Na coerência do justo

Na miragem da beleza

Que não se pode conter

Nem expulsar a golpes de jatos d’água

 

Esperança que se veste de cuidado

Atendendo pelo nome de Ética

Expulsando o ranço dos que teimam em separar os viventes em categorias…

Positivando punições em forma de medidas que teimam em arvorizar quem ainda é broto

Ou

Criando prisões indevidas a quem só queria viajar e não traficar

Viver e não morrer

 

Sim, a esperança passeia

Está ali

Bem pertinho

Em sala de aula

Aprendendo

Ensinando

Brotando!

 

Este vai para os jovens estudantes de Direito da Universidade Católica de Pernambuco que propagaram esperança nas apresentações de trabalhos dignos, humanos, iluminados, no VI Congresso de Direito Constitucional – Publius 2017: Victor de Goes Cavalcanti Pena, José Manoel da Mota Silveira, Elaine Nunes, Erica Machado e, muito especialmente, a Carolina Braga Cavalcanti da Cunha, motivo primeiro para estarmos presentes, luz Dourada a encantar todos nós. Em meio a este momento obscuro do nosso país, onde o judiciário se alia a interesses nefastos, é fundamental saber de jovens construindo outro percurso. Continuem!

10 comentários

  1. Mulher, amei! Emocionada!

  2. Hérlon
    2

    Que mergulho profundo nessas questões tão urgentes.. Que a esperança profetize nossos anseios e nos coloque em paz.

  3. iamara
    3

    Tia, que lindo! Belas e sábias palavras! Que a esperança cresça nos corações e reflita nas atitudes de todos os juristas nesse país.

    • E que professores, como você, possam cada vez mais se inspirar e estimular seus alunos a andarem por caminhos éticos e cheios de vida!
      Beijos!

  4. Almerinda Maria Reis Braga
    4

    Muito bonito mesmo! Linda homenagem à Esperança viva, eternamente jovem. Como diz a poeta, CONTINUEM.

    • Que legal, Almé, ler você aqui.
      Deu quase um “cartão”.
      Obrigada, poeta.
      Beijo!

  5. Domingos Sávio
    5

    Poeta, amiga, luz:

    Por aqui é melhor que no zap.
    Já havia gostado da primeira prova e agora estou me fartando de poesia.
    Em tempos escuros onde continuamos cantando ousei usar o trecho final do teu poema lindo prá caramba em post contra o medo e a falta de crenças.
    O Brasil é tão verde quanto o teu canto e azul como a tua esperança.
    Que os jovens nos guiem como a tua poesia nos ilumina.

    • Ouse. Lute. Batalhe. Viva.
      Viva!
      Obrigada, piloto de fusca colorido em noite enluarada. Tua presença aqui é sol, adubo, chuva pro solo fertilizar.
      Abração!

Plante a sua semente

blogdosperrusi