InscritosEmPedra
DimasLins
A POESIA E OS CINCO ANÕES

A POESIA E OS CINCO ANÕES

jul 03

Trouxe os cinco anões: Zangado, Soneca, Atchim, Dengoso e Mestre. Ainda bem que trouxe o Mestre, não saberia o que fazer sem ele. Estão todos aqui na minha cabeceira, nesta ordem e estáticos à espera de que lhes fale da Branca de Neve. Mas ela está lá na sala, olhos vidrados, fotografando e filmando, sem ligar se estou aqui com sono, sozinha, escrevendo estas poucas linhas, antes de...

SILENCIOSO

SILENCIOSO

jul 01

Liguei para o poeta Não atendeu. Silencioso Como quem escreve uma tese Que ainda não sabe Demora a saber… Só sei que ressuscita de tempos em tempos Como se nada tivesse acontecido Ou tudo Quem sabe? E volta a inscrever Seus versos certeiros Sedutores Flerta com todas as palavras Adere Quando vê uma exclamação Que não usa Mas adere … Em nome da vírgula Da interrogação. Para...

ABSTINÊNCIA

ABSTINÊNCIA

jun 27

O que é esta falta Esta agonia que dá Esta ânsia por palavras Pelo silêncio derradeiro Que me faz acompanhada E protegida do abandono? O que é que se faz Com este aperto no peito Este sentimento Ao mesmo tempo intenso Embora louco Sem nexo Nem sentido Sentindo… Até quando? Quarenta e um anos de vida E este embaraço Retrato De minhas canções loucas Com letras lamuriosas Românticas,...

ENTRE FOGOS E PIPOCAS

ENTRE FOGOS E PIPOCAS

jun 26

Os fogos estouram lá fora, já se foi o São João, mas o barulho ainda persiste, contrastando com uma cidade deserta, quase fantasma se não fosse pela nossa própria presença. O cinema também descarta o deserto e assistir a uma película depois de um convite adolescente é algo assim de Deus. O último foi Avatar, quando o 3D me fez espantar um mosquito que achava estar no meu nariz. Risos...

PRIMEIRO ENCONTRO

PRIMEIRO ENCONTRO

jun 19

Sentou-se à minha frente Como quem espera um acontecimento Desafiou-me a pensar Responder… E eu fiquei gaguejantemente Nervosa Presente Nas minhas próprias faltas Sonhei com uma bolsa Insistentemente bagunçada Igual a vida - Repara na tua bolsa Reparei … E saí reparada - Em ponto de bala Até a próxima vez.

ENTRE UMA NOTA E UM PASSO

ENTRE UMA NOTA E UM PASSO

jun 12

Teve algumas frustrações na vida, mas as primeiras contáveis foram marcantes, as incontáveis também, claro. Aos cinco anos, já sabia o que era seca ao fitar os olhares fatigados dos familiares, mas agarrada à chupeta pensava: “como existe alguém capaz de viver sem um consolo*, meu Deus!”. Para ela, era algo inimaginável. Como era também surreal, uma menina, num pé de serra,...

Página 13 de 27« Primeira...1112131415...20...Última »