blogdosperrusi
TorcedorCoral
PONTO?

PONTO?

abr 26

Sou esse vento que sopra ao sabor do coração Esse fio embaraçado à espera da paciência Esse tolo soluçando em noite de calor Esse lago ondulante que acolhe o pedregoso Sou de tudo e de todos ao redor, um pouco Porque sem querer Sou mesmo carente, transformando Acenos em apertos de mão Apertos de mão em abraços E estes em amizades fecundas   A verdade: Sou esta esperança de ser tudo...

PONTO E VÍRGULA

PONTO E VÍRGULA

abr 22

Não entendo muito de finais. Me perco – encontro – nas interrogações Exclamações e reticências que planto no cotidiano Ano bissexto em que tudo vem mais um Mais um dia Para acordar Dormir Sonhar Mais um dia e tantas horas a mais… 24 Números gêmeos no final: 66 E aniversários de quatro em quatro anos Para alguns Não falo de finais Pois acredito que no próximo...

ROMÃ

ROMÃ

abr 10

Entre o sol e o chão Assiste a sua volta: O menino que não vai O homem que não acorda O gato que não mia O azeite que não tempera… A rebeldia da vida quando insiste em não fazer A passarinhada sorrateira conhece-lhe as intenções: Bênção e fecundidade Eis a proclamação milenar Vai ver que é por isso… Entre o sol e o chão Assiste de novo: O menino-corrente O...

UMA HISTÓRIA DE PÁSCOA

UMA HISTÓRIA DE PÁSCOA

abr 04

Uma história de Natal atualizada ontem. Deveria mesmo ser em plena semana de Páscoa. Há momentos nesta pequena grande vida que nos tornamos tantos…mais ainda do que somos. Ontem ela foi muitos. Na sua voz estava a voz de um povo mais antigo, antigo como a própria vida. Ancestrais assistiram à manifestação de um saber esculpido com as ferramentas do perdão, da oração, do suor, da...

POUCO*

POUCO*

mar 27

Tudo o que escrevo tem sido pouco A vida tem sido tão intensa que as letras explodem nos dedos Quando as ameaço Só me restam as palavras soltas Escapadas… Como pássaros *Foto do amigo Pachelly Jamacaru, cujo talento esbanja no seu...

RECIFE

RECIFE

mar 12

Não quero falar de tuas ruas, avenidas, alamedas cobertas de verde. Não hoje, quando tenho a minha frente tuas pontes. Noites encontrando os teus rios me valeram o sentimento do mundo que carrego, enquanto o mundo ainda se esgota nas suas próprias verdades. Para fazer justiça, não apenas tu me deste o sentimento do mundo, mas a necessidade de compreender esse vai-e-vem onde nos perdemos e...

Página 6 de 26« Primeira...45678...20...Última »