blogdosperrusi
DimasLins
MURO

MURO

jul 20

Dez minutos de atraso foram suficientes para perceber o quanto o atraso é permanente na sua vida. Ela estava sempre à espera, disfarçadamente controlada, como um bombeiro a dois passos de uma bomba. Não importa se o coração quase sai pela boca, importante são as mãos não tremerem, o juízo concatenar ideias, as pernas andarem. Para onde? Faz anos permanece em círculos. Vive sentada num...

ENTRE UMA NOTA E UM PASSO

ENTRE UMA NOTA E UM PASSO

jun 12

Teve algumas frustrações na vida, mas as primeiras contáveis foram marcantes, as incontáveis também, claro. Aos cinco anos, já sabia o que era seca ao fitar os olhares fatigados dos familiares, mas agarrada à chupeta pensava: “como existe alguém capaz de viver sem um consolo*, meu Deus!”. Para ela, era algo inimaginável. Como era também surreal, uma menina, num pé de serra,...

REMOTO CONTROLE

REMOTO CONTROLE

mai 09

Muitos nessa altura buzinam anunciando o time vencedor. Ela, que acaba de ler o Poema em Linha Reta do Pessoa, não se identifica com o buzinaço, nem tampouco com o silêncio dos derrotados. Não se identifica com esse gosto pela disputa, embora, muitas vezes, se comporte como uma briguenta contumaz. Ah, se soubessem do aperto que sente no peito, certamente teriam piedade dela. A raiva indigesta...

SONHO DE PÁSCOA

SONHO DE PÁSCOA

abr 24

- Não faz “cosquinhas” na minha barriga. É onde eu tenho mais. Pára. Vem, Paulinho, me ajuda com ele. Sobe nele, puxa os cabelos. Pára, Jesus, pára! … … - Não, Jesus, não pára! Não pára nunca mais! Não dá pra ler a autoria desta belíssima ilustração. Em email recebido da amiga Nanda, diz apenas que o autor quer permanecer anônimo, apenas assinando:...

PAI?

PAI?

mar 15

Pai, corre, vem ver que legal, parece de verdade. Parece a última brincadeira que fizemos lá na areazinha de trás. Vem, pai, vem ver. Estou até lembrando de como montamos a cidade, colocamos os barquinhos, os carros, até aquela lancha que você gosta. Arrumamos os prédios, enfeitamos árvores e brincamos o dia inteiro de cidade. Lembra, pai? Você trouxe os aviõezinhos que o primo Teco...

NA GARUPA

NA GARUPA

fev 25

Quatro filhos, sete netos, um bisneto a caminho. Estes são os frutos de 74 anos de vida e muitas pedaladas para manter o sustento da família. No percurso para a cidade, vai lembrando de quantas vezes já o fez. Sabia de cada curva do caminho, cada pedregulho, ladeira, cercas que íam mudando à medida que ía avançando e ultrapassando as propriedades. Aprendeu logo cedo a distinguir a...

Página 2 de 3123