blogdosperrusi
DimasLins
NOVELO

NOVELO

nov 06

Essa vida…não sei dela Nada sei Contento-me com o nó na garganta Mesmo sinal de interrogação Que essa mesma vida presenteia A vida, talvez ela mesma, desenhe-se em mero embaraço Como um novelo Fio entre fios Num eterno labirinto móvel com o passar do tempo Os nós inevitáveis Desfeitos após trabalho - Quando não são feitos cegos. Os nós abertos (De ‘olhos’...

ELO

ELO

out 24

Hoje soube de uma barriga a crescer Ela já cresceu antes Germinou Nasceu em três: Pai Mãe Filho Agora nascerá em quatro: Pai Mãe Filho Filho Os dois últimos se descobrirão irmãos Correrão pela casa Acordarão ao meio-dia Após revirar as últimas trilhas de estrelas Sim, eles acordarão plenos de esperança E de alegria Fraternos descobrirão outros seres Entenderão que o dia é maior...

NINHOS

NINHOS

out 18

A cor é ‘dia abençoado’ A planta, ‘felicidade’ O piso chora a árvore que um dia foi… E brotam da terra raízes Contagiando o ar com o verde De copas frondosas   Os passarinhos não podem entrar Cantam da janela Como a dizer que gostaram E brincam com o vidro que nos separa … Em todo canto há asas   Raízes Asas   Decerto, todos que entrarão Alçarão...

LAMPEJO

LAMPEJO

out 14

Há momentos em que o coração pensa e a cabeça sente … Isto reduz, em muito, a possibilidade de erros

PELE

PELE

jul 25

Minha pele me cobre Contendo um pouco de mim Mas meu coração tem asas Minha mente tem asas… Minha alma que não sabe disto Tenta encontrar o caminho Olha pro espaço Escuta passarinhos Viaja no mesmo chão Que não poderá prendê-la… Quando minha pele não mais existir

PRISMA

PRISMA

jul 15

Um arco-íris duplo nasceu diante de mim Como a me pedir pra parar Acordar Lustrar as pupilas A alma Resgatada pela ponta do arco-íris Onde ouro não havia Esquecendo dos bolsos Do tempo Do trânsito Perante aquele sinal do Ourives E eu pequenina A tentar Parei… Dois prismas no ar … Sete cores em duplicidade Não são apenas catorze no...

Página 3 de 1312345...10...Última »