blogdosperrusi
DimasLins
DISTÂNCIA

DISTÂNCIA

ago 08

Essa estrada toda pela frente Deveria ter mais pontes no caminho Mas se estende infinitamente Como se não tivesse tamanho, sim Dimensão Quilômetros não se medem Contam-se no tempo Que acelera o que deveria demorar E retarda o que o coração urge   O que sei é de ouvir falar O que não vi é o que a imaginação comanda Não quero ser apenas uma lembrança Nem somente uma voz ao...

CÉU E TERRA

CÉU E TERRA

jul 12

O céu desce à terra todos os dias Coberto de asas Esfumaça-se nas nuvens Aconchega-se nas flores E pousa entre colinas, Mares Terras Sim, o céu desceu à terra Um novo bebê nasceu E outro Após outro… E outro ser subiu Para descer depois que criar asas O céu desce à terra Por entre fios de telefones Emails Portas abertas Sorrisos de amigos Fraternos Camaradas Céu Terra … Faces do...

FRUSTRAÇÃO

FRUSTRAÇÃO

jul 10

Frustração é encontrar uma vaga para o carro Estacionar Tempos modernos… Vagas lá fora: Faltas lá dentro Vontade represada É dar só um abraço Ao invés de quatro. Para os amigos Domingos Sávio, Edgar Mattos, João Carlos de Mendonça e Arsênio Meira Junior.

SILENCIOSO

SILENCIOSO

jul 01

Liguei para o poeta Não atendeu. Silencioso Como quem escreve uma tese Que ainda não sabe Demora a saber… Só sei que ressuscita de tempos em tempos Como se nada tivesse acontecido Ou tudo Quem sabe? E volta a inscrever Seus versos certeiros Sedutores Flerta com todas as palavras Adere Quando vê uma exclamação Que não usa Mas adere … Em nome da vírgula Da interrogação. Para...

ABSTINÊNCIA

ABSTINÊNCIA

jun 27

O que é esta falta Esta agonia que dá Esta ânsia por palavras Pelo silêncio derradeiro Que me faz acompanhada E protegida do abandono? O que é que se faz Com este aperto no peito Este sentimento Ao mesmo tempo intenso Embora louco Sem nexo Nem sentido Sentindo… Até quando? Quarenta e um anos de vida E este embaraço Retrato De minhas canções loucas Com letras lamuriosas Românticas,...

PRIMEIRO ENCONTRO

PRIMEIRO ENCONTRO

jun 19

Sentou-se à minha frente Como quem espera um acontecimento Desafiou-me a pensar Responder… E eu fiquei gaguejantemente Nervosa Presente Nas minhas próprias faltas Sonhei com uma bolsa Insistentemente bagunçada Igual a vida - Repara na tua bolsa Reparei … E saí reparada - Em ponto de bala Até a próxima vez.

Página 7 de 13« Primeira...56789...Última »