blogdosperrusi
DimasLins
MENTIRA

MENTIRA

abr 01

Mentira é o não Inconformado Por ser não. Desistente de si mesmo.

FILA DE ESPERA

FILA DE ESPERA

mar 27

Encontrei um escritor numa fila de espera. Estávamos lá para sorrir e aprender um pouco mais sobre interpretar. Ensaiei uma pessoa descontraída a conversar desinibida como se velha conhecida fosse. Convenci tantos e do escritor sobrou-me livros, todos em sua velha algibeira. Ele parecia adivinhar que eu gostava das letras. Eu que nada falara sobre elas, que disfarçara a timidez por entre...

O NADA E O POETA

O NADA E O POETA

mar 20

E o poeta emudeceu Tornou-se caule Dos seus pés brotaram flores Da sua cabeça, raízes E assim ficou por vários dias Vertical invertido “Minhas palavras Estão se quebrando Partidas Anuladas Findas…” O vento respondeu: Não, poeta Estão caindo Acolhidas pela terra Para brotarem … Em seguida. Para Gustavo de Castro (blog Razão Poesia). As palavras aspeadas foram dele,...

PAI?

PAI?

mar 15

Pai, corre, vem ver que legal, parece de verdade. Parece a última brincadeira que fizemos lá na areazinha de trás. Vem, pai, vem ver. Estou até lembrando de como montamos a cidade, colocamos os barquinhos, os carros, até aquela lancha que você gosta. Arrumamos os prédios, enfeitamos árvores e brincamos o dia inteiro de cidade. Lembra, pai? Você trouxe os aviõezinhos que o primo Teco...

O DEVORADOR DE POESIA

O DEVORADOR DE POESIA

mar 13

Sua mãe nutria ouvidos Mãos Sentidos Coração… Seu pai caminhava Junto a ele … Ver os poetas Rever alguns Dos muitos livros Degustados na boa praça Na simplicidade da vida Pirulitou o primeiro Há tempos Desembalou em confeitos Há muito Nutrição enriquecida: Pessoa Quintana Gullar Patativa Drummond Tantos outros… Pareciam guiá-lo No apetite E na vida Hoje não sofre...

CINZAS

CINZAS

mar 11

As cinzas se espalharam pela via Entre coros e desvarios Ficou a retidão da passarela Agora rua Passos curtos voltam a trafegar Largos Estreitos Apressados Sonolentos Tantos Mais Voltou a realidade Voltou a praça A banda a passar Sem fantasias Só alegorias A imaginar

LACRIMEJANDO

LACRIMEJANDO

mar 09

Os cílios longos sempre me livraram de conjuntivites. Nunca soube o que era isso, mas eis que um vírus desbravador, igual aos antigos bandeirantes, me dá o ar da graça e também a oportunidade dos olhos avermelhados, inchados e lacrimejantes. Aliás, do olho, por ora está só no esquerdo, graças a Deus.Acordar com o olho em lágrimas me lembrou quando eu chorava por apenas um…mas isto...

NA GARUPA

NA GARUPA

fev 25

Quatro filhos, sete netos, um bisneto a caminho. Estes são os frutos de 74 anos de vida e muitas pedaladas para manter o sustento da família. No percurso para a cidade, vai lembrando de quantas vezes já o fez. Sabia de cada curva do caminho, cada pedregulho, ladeira, cercas que íam mudando à medida que ía avançando e ultrapassando as propriedades. Aprendeu logo cedo a distinguir a...

MARGARIDAS

MARGARIDAS

fev 16

Somos origem, filhos dessa terra. Então ninguém pode me perguntar: até que ano você morou aqui? Somos filhos dessa terra! Eu não vou perdoar nunca os branco por ter colocado, partido nosso coração, nosso território, porque quando nós tava isolado na mata, se nós morria era de velhice, quando não era mordida de cobra. Hoje nosso pajé, nós não temos mais. Se tivesse nosso pajé, taria...

O CRAVO E A ROSA

O CRAVO E A ROSA

fev 10

O cansaço chegou no final do dia. Temo não escurecer à noite. Preciso de sono para esquecer dos problemas e dos infortúnios. Vejo a menina passar com gosto de ontem. Espera-se a mesma conta chegar, com o dinheiro gasto no bolso do paletó. Desde que o ganhei não tenho mais sossego. Apenas fui trocando de modelo ao longo dos anos, mas todos tem o mesmo cheiro e peso do primeiro:...

Página 10 de 16« Primeira...89101112...Última »